+55 (27) 3029-5663 | asgym.ga@gmail.com | Seg. a Sex. 08h – 11h e 14h às 20h30 – Sábado 08h às 12h

Teoria da autodeterminação | Saiba como ela é aplicada na ginástica artística

Teoria da autodeterminação | Saiba como ela é aplicada na ginástica artística

por | maio 31, 2021

O que é teoria da autodeterminação?

Você já ouvir falar em teoria da autodeterminação?

Essa teoria é mais conhecida como TDA, e ela visa sustentar a ideia de que os indivíduos além de se sentirem guiados por suas próprias necessidades, que conduz seu próprio comportamento, ela faz com que busquemos maneiras de adquirir competências e relacionamentos positivos.

A teoria da autodeterminação faz com que busquemos compreender duas questões motivacionais importantes? Porquê x para que?

Ou seja, ela procura demonstrar para nós qual é o objetivo da prática de sua atividade física, e por que você quer realizar esse objetivo, quais são as razões que fazem com que você tenha determinação e se esforce para atingir um objetivo.

Assim, entende-se que ela é uma “ferramenta” muito útil para motivar pessoas através de suas motivações pessoais.

Essa teoria da autodeterminação visa sugerir que os seres humanos possuem um desejo interno voltado para o crescimento, e quando o ambiente externo que eles se encontram não suportam isso, esses motivadores internos ficam frustrados.

Ou seja, essa teoria exerce uma condição sobre o corpo humano, que envolve as percepções relativas do indivíduo, onde as condições do ambiente exercem influência sobre este processo.

Sendo assim, através das condições ambientais é possível fazer com que o processo seja mais fácil, de modo que satisfaça as necessidades psicológicas do ser humano, para elevar o seu crescimento e facilitar a sua integração com o seu meio social onde se promoverá a motivação intrínseca.

Portanto, a teoria da autodeterminação busca demonstrar que quando se proporciona um ambiente que satisfaça as necessidades do indivíduo ele conseguirá promover um melhor desenvolvimento ao esporte.

Essa teoria é uma das razões que faz com que os indivíduos consigam se engajar e persistir em uma determinada tarefa e objetivo, pois para ela isso é interessante, divertido, gratificante e motivador.

Assim, entende-se que a TAD usa a concepção da motivação intrínseca como um pilar de sustentação para que as pessoas se sintam competentes e autodeterminadas.

Teoria da autodeterminação aplicada ao esporte

Nós da ASGYM somos uma academia de ginastica artística infantil que procura motivar os nossos ginastas desde a infância. 

Por isso, separamos abaixo os 3 fatores da motivação intrínseca da teoria da autoderminação:

 

  1. Autonomia: A pessoa que se encontra no comando, ou seja, ela quer ter o poder da escolha e tomar a decisão, pois isso oferece um significado para ela.

 

  1. Competência: O indivíduo busca lidar com novos desafios. Isso ocorre quando você desafia a pessoa para que ela se torne melhor em algo.

 

  1. Relacionamento: Faço parte de um grupo. A pessoa se sente parte e pertencente a um grupo, assim ela sente que o que ela faz tem importância para as demais pessoas envolvidas.

Como a TAD é aplicada na ginástica artística infantil?

Na nossa academia de ginástica artística em Vitória – ES, buscamos trabalhar com as crianças o conceito de um esporte belo e emocionante.

Esse esporte requer dos ginastas determinação, graça, domínio do corpo, coragem e rapidez ao realizar os movimentos.

Ou seja, a ginástica artística infantil realiza um conjunto de exercícios corporais que exige da criança tanto a prática da atividade no solo, quanto em aparelhos e eles exercícios corporais são desenvolvidos com objetivos educativos, competitivos e até terapêuticos.

Isso ocorre, pois a ginástica artística infantil é uma modalidade que requer disciplina, ritmo, força, graça e atenção.

A ginástica artística é um esporte que exige que os movimentos sejam realizados de maneira equilibrada, mas além disso que a ginasta demonstre uma execução leve, que não demonstre dificuldade ou esforço corporal.

Assim, a ginástica artística infantil é um esporte que envolve vários aspectos e movimentos, além de é claro várias técnicas para serem executadas com um bom desempenho.

Dessa maneira, a teoria da autodeterminação é aplicada no treinamento da ginástica artística com o intuito de melhorar as habilidades e desempenho dos alunos, com o objetivo de atender todas as exigências da modalidade de forma gradativa.

Ou seja, a TAD busca estimular o comportamento autodeterminado do aluno, pois o ginasta passará por várias fases e etapas até atingir o seu melhor desempenho.

Dessa maneira, é preciso criar um hábito de uma nova rotina que atribua aspecto físico que envolve o treinamento e a preparação física, o aspecto técnico que envolve a execução das repetições dos movimentos várias vezes até atingir a movimentação correta.

O aspecto psicológico busca envolver a questão da persistência e dedicação ao esporte, onde o ginasta tem força de vontade e autodeterminação para atingir seus objetivos e vontades.

 

 

Outras Postagens