diferencas-entre-ginastica-artistica-ritmica-e-de-trampolim

Diferenças Entre Ginástica Artística, Rítmica e de Trampolim

por | dez 1, 2022

Ginástica: um Esporte de Sucesso Olímpico

Quando chegam as competições internacionais, como os Jogos Olímpicos e os Jogos Pan-Americanos, por exemplo, alguns esportes se sobressaem, sendo, então, os “queridinhos” do público. Nesse quesito, a ginástica artística destaca-se, uma vez que propicia belas apresentações com as quais o público vibra. 

Na ginástica artística, a cada salto, o público ovaciona os atletas para comemorar a excelência dos movimentos ou, então, para lamentar possíveis falhas. De fato, todos os tipos de ginástica chamam a atenção e, por isso, são modalidades olímpicas tão especiais.

Mas você sabia que existem tipos de ginástica? Pois bem, esse esporte, sobre o qual falaremos mais aprofundadamente no texto de hoje, apresenta subdivisões e, obviamente, os atletas que atuam em uma ou mais variações, como na ginástica artística, dividida entre apresentação no solo, cavalo com alças, entre outras, podem não atuar nas outras modalidades.

Na verdade, um atleta de ginástica artística realiza treinos e planeja coreografias bem distintas de um desportista da ginástica rítmica, por exemplo. Nas competições nacionais e internacionais, inclusive, as apresentações são separadas e, até mesmo, as confederações nacionais de ginástica são segregadas para cada um dos tipos de ginástica.

A ginástica artística, claro, é a modalidade mais consagrada, presente nos Jogos Olímpicos desde a sua primeira edição. Já os outros tipos de ginástica, isto é, a ginástica rítmica e o trampolim acrobático foram acrescidos posteriormente. No texto da ASGYM, falaremos sobre as diferenças entre essas três modalidades que, apesar de diferentes, configuram um esporte só: a ginástica.

Acompanhe a leitura preparada pela ASGYM, Academia de Ginástica Artística no ES!

Qual é a Diferença Entre os Tipos de Ginástica?

ginastica-artistica

A ginástica artística, como já dissemos, é um dos tipos de ginástica mais consagrados. Sua origem data da Antiguidade Grega, em que a exibição de movimentos, como saltos e equilíbrios, era usada para entretenimento do povo e festividades. É esta que representa a primeira modalidade olímpica de ginástica que surgiu, em 1896.

A ginástica artística é dividida por apresentações individuais ou em grupos, tanto no segmento feminino quanto no segmento masculino. Além disso, na ginástica artística feminina e masculina, há variações para os homens, solo, barra fixa, barras paralelas, cavalo com alças, argolas e salto sobre a mesa. Para as mulheres, por sua vez, a divisão é: individual geral, por equipes, trave, solo, barras assimétricas e salto sobre a mesa.

Por conta dessa numerosidade de modalidades dentro da ginástica artística, ela acaba ganhando maior destaque. Isso porque, ao assistirmos aos Jogos Olímpicos e a outras competições, ficamos com a impressão de que são muitas apresentações. De fato, é assim que funciona mesmo.

Como já explicamos aqui em posts anteriores, a ginástica artística prioriza a excelência na execução dos movimentos, a estabilidade e o equilíbrio do atleta. Tudo isso para obter a maior nota dos membros avaliadores. Veja que, além disso, outros pontos podem ser analisados, como a criatividade da coreografia, no caso das apresentações em solo, bem como a finalização dos movimentos.

Os outros tipos de ginástica, por outro lado, não enfocam apenas no quesito estabilidade e equilíbrio, tampouco na força de execução de cada acrobacia. Voltemo-nos, agora, à ginástica rítmica: como o próprio nome sugestiona, trata-se de um dos tipos de ginástica em que o ritmo e a cadência são avaliados conforme a música escolhida pelas atletas.

ginastica-ritmica

Na ginástica rítmica, são usados muitos movimentos do balé e, como você já deve ter visto, alguns acessórios podem compor a apresentação: como fitas e bolas, por exemplo. Esse é um dos tipos de ginástica artística que se restringe ao segmento feminino. Quanto mais graciosas as atletas forem e quanto maior for a harmonia entre elas, melhor será a nota atribuída à apresentação.

Já temos, até aqui, um ponto de diferenciação da ginástica artística. Agora, vamos entender o que é o trampolim acrobático. Esse estilo de apresentação data da Idade Média, período no qual surgiram os circos e, junto com eles, os números com acrobacias. Até hoje, inclusive, ao visitarmos esses lugares de entretenimento, podemos reconhecer inúmeros acrobatas.

O trampolim acrobático é um dos tipos de ginástica cujo foco é realizar acrobacias. Sua introdução nos Jogos Olímpicos é muito recente, mais precisamente, data do ano de 2000, quando o professor de educação física norte-americano George Nissen criou as regras da modalidade.

ginastica-artistica-com-a-asgym

Neste caso, o atleta ganha impulso em uma rede de segurança, como se fosse uma grande “cama elástica” e, a partir daí, inicia os movimentos. O objetivo dos árbitros é averiguar a execução dos movimentos e o grau de dificuldade. Apesar de não ser um dos tipos de ginástica mais conhecidos, o trampolim acrobático tem muito a oferecer ao público. Vale, ainda, ressaltar que se trata de uma modalidade da ginástica para homens e mulheres, onde há apresentação individual ou em duplas sincronizadas.

Encante-se Pela Ginástica Artística com a ASGYM

Outras Postagens

Entenda os Benefícios do Esporte Para a Saúde Mental

Entenda os Benefícios do Esporte Para a Saúde Mental

Por Que o Esporte é Importante para a Nossa Saúde? O esporte é uma atividade fundamental para a saúde física e mental da sociedade como um todo, tanto que, até hoje, se perpetua aquela máxima: “mente sã, corpo são”. Uma determinada atividade corporal, como a Ginástica...

ler mais
Ginástica Artística no ES | Conheça os Aparelhos Utilizados

Ginástica Artística no ES | Conheça os Aparelhos Utilizados

Ginástica Artística no ES | Entenda mais sobre o Esporte A ginástica artística no ES é uma modalidade esportiva muito procurada por crianças e adultos, principalmente por unir técnica e força sem deixar a beleza de lado na execução de seus movimentos. Seja para ser...

ler mais